Sindguardas/RN tem dia de atuação em São Gonçalo do Amarante

O Sindguardas/RN esteve em São Gonçalo do Amarante, nesta terça-feira, 11, para tratar sobre o curso de formação para os concursados e também sobre pautas dos guardas municipais da cidade.

A primeira reunião foi com o vereador Geraldo Veríssimo. A diretoria do Sindguardas/RN, juntamente com um grupo de concursados, reforçou o pedido já feito anteriormente para que a Câmara Municipal articule junto à Prefeitura para que o curso de formação seja convocado com 63 vagas.

O sindicato luta para que todos os aprovados nas três primeiras etapas do concurso (prova escrita, TAF e psicoteste), estando aptos para a investigação social, sejam chamados.

O vereador mais uma vez se comprometeu em buscar o chefe de Gabinete da Prefeitura para articular uma reunião com o Sindguardas/RN, haja vista que o prefeito de São Gonçalo do Amarante está doente. Mesmo assim, Geraldo Veríssimo também ficou de conversar com o chefe do Executivo sobre essa demanda, devendo apresentar uma resposta nesta quarta-feira, 12.

Na sequência, o Sindguardas/RN esteve com o secretário de Segurança de São Gonçalo. Ele informou que ainda não está definido o quantitativo de vagas que serão abertas para o curso de formação e também ficou de conversar com o prefeito para sensibilizá-lo da importância de se convocar os 63, pois a Segurança Pública da cidade precisa desse reforço urgentemente.

Ao terminar essa pauta, o Sindguardas/RN passou a tratar com o secretário de Segurança sobre dois pontos da pauta dos guardas municipais da ativa: o projeto do Plano de Carreira e o projeto das Diárias Operacionais.

“Pedimos que o secretário faça uma intervenção junto à comissão que trabalha no projeto do Plano de Carreira, para que os trabalhos sejam concluídos nos próximos dias. Ele disse que vai procurar a Procuradoria do Município, onde o projeto se encontra, para intermediar um consenso em pontos conflitantes, podendo então o Plano ser concluído e enviado à Câmara para ser votado em fevereiro”, informa Souza Júnior.

Sobre as diárias operacionais, o presidente do Sindguardas/RN destaca que o projeto também está na Procuradoria e o secretário de Segurança pediu que, para agilizar os trâmites, caso o Sindguardas/RN queira fazer sugestões de alterações, deixe para apresentá-las quando o projeto estiver na Câmara. O sindicato se comprometeu com o secretário que qualquer demanda de alteração que surgir após análise da categoria será alinhada com a própria Secretaria de Segurança.

Por fim, o Sindguardas/RN parabeniza os concursados por mais um dia de luta e pela atuação e mobilização deles junto ao sindicato nessa cobrança pelo curso de formação, bem como aos guardas municipais que também estiveram presentes nas ações desta terça.

VEJA MAIS FOTOS ABAIXO: