Sindguardas/RN busca correção de edital do curso de formação em João Câmara

O Sindguardas/RN esteve em João Câmara, na sexta-feira, 30, para buscar o cumprimento de um acordo feito entre Prefeitura e sindicato em relação ao curso de formação dos guardas municipais da ativa e dos concursados da Guarda Municipal.

A Prefeitura publicou um edital no dia 27 de julho, no entanto, ele não foi feito em conformidade com o que tinha sido acertado na reunião com o prefeito Manoel Bernardo, no dia 18 de fevereiro.

“O combinado era que fossem convocados todos os guardas municipais da ativa e todos os concursados que estão habilitados. No entanto, a Prefeitura convocou os 24 da ativa e apenas 9 excedentes, quando na verdade deveriam ter sido 28 excedentes”, explica Souza Júnior, presidente do sindicato.

Diante disso, a diretoria do Sindguardas/RN reuniu a categoria por videoconferência na quarta-feira, 28, e decidiu ir à João Câmara na sexta-feira, 30.

“Chegando lá, descobrimos que o prefeito está de licença por problemas de saúde. Fomos então procurar o secretário de Administração, Benedito, e o questionamos sobre o não cumprimento do acordo. Ele alegou problemas de ordem jurídica e financeira. Nós contestamos essa informação, lembrando que não há nenhum impedimento jurídico e a questão financeira é possivelmente discutível”.

Souza Júnior ressaltou ainda que se a Prefeitura pretendia alterar a forma de convocação deveria, no mínimo, ter chamado o Sindguardas/RN para negociar e buscar alternativas para atender ao pleito.

O secretário de Administração se comprometeu a entrar em contato com o prefeito, que voltará da licença na próxima semana, e articular para que ele possa receber o Sindguardas/RN assim que retornar aos trabalhos.

“Também buscamos o secretário de Finanças, Erinaldo, que tem sido sempre solícito com a Segurança Pública e com as pautas da Guarda Municipal. Explicamos a situação e pedimos que ele faça gestão junto ao prefeito para buscarmos uma alternativa. O secretário ficou de também conversar com o chefe do Executivo nos próximos dias”, completa.

Na tarde da sexta-feira, o Sindguardas/RN mais uma vez reuniu a categoria por videoconferência e repassou todos os informes desse dia de atuação em João Câmara, lembrando que a luta vai continuar para garantir que todos sejam convocados para o curso de formação.