Sindguardas/RN tem reunião com prefeito de João Câmara


Nesta quinta-feira, 18, a diretoria do Sindguardas/RN foi até João Câmara para uma reunião com o prefeito da cidade, Manoel Bernardo, tendo como objetivo discutir sobre a pauta de reivindicações dos guardas municipais.

Um dos pontos abordados na reunião foi a necessidade urgente de equiparação salarial dos guardas antigos com os que entraram neste ano e já estão recebendo salário maior, conforme havia sido estabelecido no edital do concurso. “Frisamos que é inadmissível que haja essa diferenciação e completamente injusto que alguém que está há mais tempo na instituição, com as mesmas atribuições, receba menos”, comenta Souza Júnior, presidente do Sindguardas/RN.

De acordo com ele, o jurídico do sindicato vai entrar com as medidas judiciais cabíveis e espera que, logo que haja decisão judicial, a Prefeitura não coloque barreiras e corrija essa injustiça.

Também foi tratado na reunião sobre a discussão, aprovação e implantação do Plano de Carreira dos guardas municipais. O prefeito disse que concorda em seguir essa pauta e, com isso, o Sindguardas/RN ficou de protocolar a proposta do Plano de Carreira o mais breve possível, para que tenham início as negociações e, posteriormente, o envio para a Câmara Municipal.

Outro ponto da pauta diz respeito à regulamentação do porte de arma. A Prefeitura afirmou que vai tomar todas as medidas necessárias para agilizar esse processo e, inclusive, o comandante da Guarda Municipal, que participou da reunião, informou que está articulando junto às GM de Natal e Ceará-Mirim para se informar sobre trâmites que deve seguir.

Sobre a estrutura e condição de trabalho, o prefeito afirmou que já comprou duas motos e vai comprar outras duas e mais um carro para melhorar a atividade policial do município, bem como vai estudar a possibilidade de uma nova sede. Já sobre o conselho, fundo e plano municipais de Segurança Pública, ele reconheceu a importância e se comprometeu em dar andamento a efetivação.

Ainda durante a reunião, foi colocado em discussão a nomeação dos concursados, que tem sido uma luta árdua do sindicato nos últimos meses. O prefeito lembrou que nomeou dois recentemente e vai chamar mais um PcD nos próximos dias. Além disso, ficou definido que o curso de formação para os 25 concursados que ainda não foram nomeados será feito neste primeiro semestre, junto com os guardas da ativa e, inclusive, com o treinamento de tiro necessário para o porte de arma. Feito isso, o prefeito assumiu compromisso de nomear parte desses 25 no segundo semestre e o restante no próximo ano.

“Reforçamos que as nomeações são fundamentais para a segurança do município e fortalecimento da Guarda Municipal. Os que já foram nomeados até agora representam uma conquista do Sindguardas/RN e da categoria, que acredita na luta e, com certeza, vai seguir firme sempre buscando avanços na concretização da pauta de reivindicações”, destaca Souza Júnior.

O Sindguardas/RN também ressaltou a importância de a Prefeitura trabalhar para conseguir captação de recursos através de emendas parlamentares e de articulação junto à Secretaria Nacional de Segurança Pública. O sindicato, assim como tem feito em outros municípios, comprometeu-se em ajudar com a apresentação de projetos.